segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Ainda com medo de fazer compras pela internet?

Pois a era digital chegou, e estudos já comprovam que até o fim do ano, junto com os 25% de indivíduos já adeptos de compras pela internet no Brasil, masi 17% da população vai aderir a facilidade de comprar sem sair de casa.

Já pensou que maluquice comprar coisas pra casa sem nem precisar sair de casa? Você pode analisar o ambiente e ainda escolher o modelo tudo no mesmo lugar, e fica mais fácil ainda com as mais de 1000 opções de papéis de parede que a GF seleciona somente pra você !!!

Já veio conferir? Não perde tempo!

www.gfpapeldeparede.com.br


NOVIDADES - PAPEL DE PAREDE VINILICO COM PEQUENOS PREÇOS

Já conferiu a novidade que tem no site da GF?
Papéis de parede vinilicos a partir de RS121,00.
Vale lembrar que papéis vinilicos são a nova tendência por serem papéis de parede laváveis e de altíssima qualidade e durabilidade.
Não fique de fora e venha conhecer os melhores papéis com pequenos preços!
*Produto comercializado por rolos de 5m²*





quinta-feira, 10 de setembro de 2015

VOCÊ SABIA???

Você sabia que papéis de parede são comercializados por rolos?

Pois é! Muita gente não sabe que os papéis são vendidos por rolo, e a maioria é de 5m².

Quer saber mais ? Se liga nas novidades em www.gfpapeldeparede.com.br !

Tem mais de 1000 opções pra escolher!!!





segunda-feira, 22 de junho de 2015

As 10 coisas que você pode e não pode fazer em um projeto de decoração.

Alessandra Brandini Gomes e Michelle Draganov Gelesko possuem dois pontos em comum: ambas frequentaram, em 2012, o curso de projeto de bares e restaurantes, ministrado pelo Istituo Europeo di Design - IED São Paulo, e tinham em mente um projeto ambicioso: em 2014, iniciaram uma sociedade para um escritório prop´rio, chamado "Studio| m+a". Visando o desenvolvimento de projetos residenciais, comerciais e decoração de interiores, elas procuram conferir a seus projetos traços contemporâneos e requintados, além de se dedicarem também ao desenvolvimento de projetos de interiores para embarcações.
"logo no início da sociedade, recebemos o convite para participar d mostra do Circuito Decor 2014, que aconteceu no Buffet Grenah. Foi uma experiência maravilhosa e, desde então, pudemos perceber que nos daríamos muito bem trabalhando juntas", afirma Michelle aproveitando para destacar a importância de estabelecer junto ao cliente as necessidades, hobbies, estilo, preferências antes de iniciar um projeto de decoração. "Feito isso, estudamos detalhadamente a planta do imóvel para definirmos melhor as acessibilidades e disposição de layout".
PODE:
1. Colocar forro de gesso minimalista. Evite muita informação no forro.
2. Investir em um projeto de iluminação
3. Investir em objetos de decoração
4. Montar um papel com quadros
5. Usar papel de parede
6. Colorir a Casa
7. Usar poucos objetos. Isso transmite a sensação de amplitude. Menos é mais, ambientes pequenos com muita informação cansam e carregam o espaço
8. Integrar ambientes.Ótima opção para aumentar espaços pequenos e criar uma área de convivência maior
9. Usar espelhos em lugares estratégicos para ampliar o ambiente
10. Usar almofadas diversificadas para descontrair o ambiente
NÃO PODE:
1. Usar flores artificiais na decoração
2. Fotografias em exagero em paredes e estantes
3. Aplicação de texturas e grafiatos em paredes internas
4. Fios de aparelhos à mostra ou pendurados
5. Exagero de cores em um único ambiente
6. Forros de gesso com desenhos e sancas em excesso
7. Móveis muito grnades que não respeitam o espaço mínimo de passagem dos ambientes
8. tapetes de banheiros recortados para encaixar no vaso sanitário
9. Excesso de almofadas no sofá
10. Ignorar o hall de entrada. Ele pode dizer muito sobre seu estilo.
Matéria por: Revista em Casa

segunda-feira, 25 de maio de 2015

O tal do "conceito"? Entenda mais aqui!

Conceito? Mas que relação existe entre esse tal "conceito" e a decoração de interiores?

Segundo o dicionário, conceito significa: definição, concepção, ideia, opinião.
São exatamente esses fatores que fazem do conceito, o primeiro passo a ser dado para iniciar um projeto de interiores ou até mesmo, um toque a mais naquele ambiente que está meio sem graça. Através dele, definimos se o local será trabalhado no tema clássico, contemporâneo, pelo ritmo do dia a dia e por aí vai. Resulta da mistura de ideias, opiniões, gostos e necessidades.



Se a intervenção naquele determinado espaço será apenas uma pintura nova, um papel de parede ali e aqui, novos objetos decorativos, precisamos considerar uma “linha de raciocínio” ao escolher todos esses itens para que no final, tenhamos o resultado esperado. O conceito é nada mais que o estilo definido, seja ele com uma identidade visual profissional ou com a essência dos donos do apartamento. Voltamos então, às cores, materiais e texturas, que num todo, precisam também, serem trabalhados de forma criativa enquanto permanecem dentro do tema da decoração.  Já num projeto de interiores, tudo é envolvido, desde a localização dos pontos de tomadas, ao tamanho e forma do sofá da sala. Para isso, um estudo mais detalhado é realizado de forma a atender TODAS necessidades básicas e aspirações do cliente.
Portanto o CONCEITO é a diretriz de todo o processo decorativo. Fácil né?
E qual seria seu estilo? Qual impressão sua empresa quer causar no público alvo? Já pensou nisso? Há um mundo imenso a ser explorado, divirtam-se!


Natalia S. Cavalcante
Designer de Interiores


http://www.gfdecoracaoeconstrucao.com.br/home-decor.php